sábado, 4 de junho de 2011

Bom Tabalho!!

Lendo como sempre matérias que dêem informação sobre como andam as investigações,
por que a maioria das informações ficamos sabendo pela imprensa,motivo pelo qual aprendo cada dia mais
respeitar e valoriza  esta profissão.Pois bem procurando mais informações li algumas matéria que falam
da associação Alemã  que entrou na justiça contra a Air Bus.Gostaria aqui de parabenizar esta associação que se uniu com especialistas de varias áreas e fizeram um trabalho de investigação muito sério e chegaram a conclusão que realmente há erros no projeto do avião  A330 .Quisera eu poder aqui também fazer algo que faça esta empresa se concientizar que está colocando a vida de muitas pessoas em risco.Sim por que se há um problema eles tem que assumir  e concertar o que tem de errado.O que não da é para continuar apostando no escuro e arriscando  a vida de pessoas .Queria poder mobilizar pessoas do mundo inteiro para que fizessem um dia de mobilização e ninguém entrasse em um voo da Air bus.Sei que é praticamente impossível, mas quisera eu poder mobilizar  pessoas  para  nos unirmos em uma só voz  e gesto  para repudiarmos a falta de esclarecimento sobre este problema por parte da Air Bus.
Todos os dias milhões de pessoas cruzam o céu de nosso planeta  e se nada for feito com certeza mais cedo ou mais tarde esta tragédia vai voltar a acontecer mais uma vez, e mais uma vez vão procurar culpar inocentes para se isentarem de tais erros.Esses aviões da Air Bus são lindos confortáveis, realmente muito bons de se viajarem, mas precisam ser revistos .Não da pra continuar com um avião que voe praticamente sozinho, por mais avançada que a tecnologia anda ,uma maquina nunca vai substituir o homem.Acredito que são pequenos detalhes que precisam ser corrigidos, mas o problema é que é tão difícil assumir o erro.Quanto maior a  empresa ou a pessoa mais difícil de reconhecer que esta errada.Por exemplo é muito difícil ver uma pessoa "GRANDE" assumir que errou.
E  como toda empresa é dirigida por pessoas "Grandes", então neste caso quanto maior a empresa mais difícil de assumir que tem algo de errado em um de seus grandes projetos.Mas digo que se assumirem que tem algo de errado e fizerem os acertos que precisam ser feitos,vocês vão sair muito mais respeitados do que ficar tentando  empurrar a culpa de um para o outro.
A associação Alemã meus parabéns pela iniciativa, com certeza todos agradecem o trabalho feito por vocês e pelos profissionais que estão junto nesta.
Cansei de chorar agora quero fazer algo para ver este pesadelo acabar de uma vez, e só sei que vou conseguir isto quando tiver certeza que ninguém mais vai passar pelo mesmo horror,causado pelos mesmos problemas.
Ana Giulia 

Um comentário:

  1. Oi Ana!
    Olha, de facto pode haver alguma coisa de errado no projecto do A330 da Airbus.....mas não foi nada disso que provocou a queda do AF447.
    Para que fiques a saber, o A330 é um avião segurissímo, controlado por um computador central inteligente e que toma ele mesmo decisões para evitar riscos na segurança do voo.
    Ele por si só detecta as falhas e as corrige e isso é notável e nos sentimos muito mais seguros num avião destes.
    Mas o que se passou no AF447 supera isso tudo e nada tem a ver com o projecto do avião.
    O primeiro problema foi dos pilotos não terem evitado o mau tempo, só muito tarde o tentaram fazer. o Segundo problema foi o congelamento das sondas pitot ( medem velocidade do ar) , por culpa do avião ter estado sujeito ao mau tempo. Atenção que todos os aviões ( Airbus, Boeing, Lockeed, Mcdonnald-Douglas, etç ) têm estas mesmas sondas e que até são aquecidas para evitar o congelamento ( teriam pilotos ligado esse dispositivo) ?
    Com a incorrecção das velocidades medidas, o piloto automático e a aceleração automática dos motores são automaticamente desligados e o Avião entra em "alternate Law" - modo alternativo de voo, estando todos os comandos na mão dos pilotos. Em modo alternativo, o computador central não funciona e o avião deixa de contar com a proteção inteligente do computador de voo a esse mesmo voo. Portanto o voo ficou a partir daí totalmente na mão dos pilotos, sem qualquer interferência da máquina!
    O que falta explicar é como é que com o avião a entral em "stall" - estolamento, os pilotos mesmo tendo esse aviso, decidirem colocar o nariz do A330 para cima, quando o que é treinado é precisamente o contrário em situações de estolamento. Ao estolarem o avião, os pilotos fizeram-no cair, pois retiraram-lhe a sustentação de voo.
    Ana, estou seguro que se o computador central do A330 estivesse a funcionar e para isso os pilotos teriam de retirar o voo do modo alternativo e não o fizeram.....as hipoteses de salvar este avião teriam sido muito maiores....a máquina não substitui o homem, mas ajuda-o a ver o que é correcto e a corrigir quando o homem erra. Na situação de Stall o computador central teria baixado o nariz do avião e aumentado a velocidade....os pilotos fizeram exactamente o contrário.....

    ResponderExcluir